Conversar com o bebê dentro da barriga

O feto capta as vibrações dos sons das palavras emitidas pela voz materna, com todas as emoções que as acompanham.

26/01/2015 14h07m. Atualizado em 09/04/2015 23h22m por:

 

falar com bebe dentro barrigaA gravidez é um momento muito especial na vida da mamãe e do papai, que mês a mês acompanha o desenvolvimento do filho dentro do ventre materno, e se emocionam com os primeiros sinais que o bebê vai demonstrando, dentre eles os chutes e mexidas ao longo da gestação.

E uma das melhores formas de estimular o bebê ainda na barriga da mamãe é conversar com ele, que desde sua formação já começa a entender tudo que se passa ao seu redor.

Qual a época certa para conversar com o bebê dentro da barriga

No geral, a partir da 16º semana de gestação o ouvido do bebê já está formado, mas os pais podem começar a falar com seu bebê logo no início da gestação, e isto vai produzir estímulos muito positivos para o bebê.

Estes estímulos podem ser feitos através de longas conversas da mamãe com o bebê ainda em sua barriga, e também com músicas e sons variados, como o toque de um instrumento musical ou mesmo os sons da natureza.

O papai também pode participar ativamente destes momentos, conversando com seu filhote, contando histórias, cantando, etc.

Benefícios de conversar com o bebê dentro da barriga

Aos poucos, o bebê vai sentindo todo este carinho dos pais ali na barriga da mamãe, e ele começa a demonstrar que está gostando de todo este carinho, através dos seus batimentos cardíacos mais calmos, pequenos movimentos dentro do útero, e também o movimento de sucção feito pelo bebê como se estivesse sendo amamentado.

Cada um destes gestos é sentido pela mamãe, e também podem ser sentidos pelo papai quando ele coloca sua mão na barriga da mamãe, e assim sente o bebê se mexer e dar seus sinais de alegria e felicidade.

Outra vantagem da conversa e do carinho dos pais com o bebê ainda dentro da barriga da mãe é que a criança terá mais facilidade de aprendizado durante a infância, e será uma criança mais calma e tranquila.

Alguns estudos internacionais ainda apontam que ao colocar Mozart para o bebê ouvir ainda na barriga da mãe vai contribuir para o desenvolvimento de seu cérebro, o que é conhecido como efeito Mozart.

O bebê vai se lembrar destes sons quando nascer

Outro ponto interessante é que, os sons e as músicas que mais acalmavam o bebê dentro da barriga da mamãe também podem ser usados para acalmá-lo assim que ele nascer.

Isto pode acontecer principalmente após o sexto mês de gestação, época em que a memória implícita do bebê já começa a se formar.

Com isso, a partir do sexto mês gestação o cérebro do bebê começa a assimilar os sons que mais lhe traziam tranquilidade, e com isso após o nascimento estes sons vão lhe fazer muito bem, já que seu subconsciente vai se lembrar de ter ouvido os mesmos sons no passado.

Por isso converse bastante com seu bebê, conte-lhe histórias, cante e ria bastante, e isso vai lhe trazer benefícios maravilhosos já nos seus primeiros dias de vida.

Sobre o autor:

Vandeni Navarro

Vandeni Navarro

Formada em pedagogia pela UNITAU, especializou-se na área de crianças especiais. Mãe de dois filhos, atualmente dedica-se ao blog e a família.
Deixe seu comentário

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *