O que fazer quando o bebê tem muita cólica

07/06/2016 08h35m. Atualizado em 06/06/2016 17h37m por:

 

Uma das fases mais difíceis na vida de praticamente todo bebê logo nos primeiros meses de vida é a época das cólicas, que costumam acontecer até que ele complete seus três meses de vida, ela deixa o bebê mais irritado e choroso, e também deixam seus pais muito preocupados.

colica bebe

Esta fase é bem complicada e acontece porque o bebê ainda não está com seu intestino totalmente formado, e isso dificulta a eliminação dos gases e fezes, o que causa dor e muito incomodo.

Com isso, o bebê passa a chorar muitas vezes, e isto afeta os pais, mas em especial a mamãe, que alguns meses após o parto ainda fica mais sensível, devido aos hormônios pós-parto que deixam seu emocional mais aflorado.

Por isso é importante saber o que causa as cólicas no bebê, saber o que fazer quando as cólicas se iniciam, e quais as medidas que ajudam a aliviar estes sintomas.

O que causa as cólicas no bebê

A cólica nos bebês acontece porque logo nos seus primeiros meses de vida seu intestino ainda não está totalmente maduro, e com isso ele não consegue sincronizar o movimento peristáltico, que é responsável pela eliminação das fezes, com o movimento contrário, que exerce o bloqueio no organismo.

Com isso, o bebê sente dificuldade na hora de fazer cocô, e com isso sente muita dor na barriga. Outro sintoma comum é o acumulo dos gases no intestino, que também causam dor e incomodo no bebê.

E todos estes sintomas costumam aparecer a partir da 3ª semana de vida do bebê, e se estendem até o 3º mês, época em que o intestino já está totalmente amadurecido.

Como saber quando o bebê está com cólicas

As cólicas podem aparecer em qualquer hora do dia, mas são mais comuns no finalzinho da tarde e início da noite, e isto pode ser explicado porque o bebê ainda não consegue diferenciar a mudança do dia para noite, o que também pode lhe causar irritação.

E para que os pais possam saber se o choro do bebê é devido à cólica existem dois sintomas bem característicos. Um deles é que o bebê começa a mexer muito suas perninhas, e o outro é que assim que o bebê faz cocô sua irritação melhora bastante.

Mas em geral a descoberta é feita por eliminação de causas, dentre elas:

• A fralda está limpa há muito tempo?
• O bebê está bem alimentado?
• O bebê está sentindo calor ou frio?
• Ele está com algum problema de saúde?

Se em ambos os casos a resposta for negativa, a causa do choro pode ser a cólica.

O que fazer para aliviar as cólicas do bebê

E na hora da cólica do bebê, os pais podem tomar algumas 06 dicas que vão ajudar a aliviar os sintomas, dentre elas:

1. Oferecer o peito ao bebê: o movimento de sucção durante a amamentação ajuda o bebê a se sentir melhor, diminuindo sua dor. Mas é importante que o bebê não engula ar, pois isso pode lhe causar mais gases;
2. Tirar as roupas do bebê: ao colocar o bebê sem roupa sobre o peito despido da mãe ou do pai, ele sente o contato com a pele, e desta forma fica mais calmo;
3. Faça massagens na barriga do bebê: massageie de leve a barriguinha do bebê, em movimentos circulares no sentido horário, para alívio dos sintomas;
4. Flexione as perninhas do bebê: outra manobra que pode ajudar é flexionar levemente as perninhas do bebê em direção a sua barriga, para que ele possa eliminar gases, e com isso melhorar das cólicas;
5. Faça compressas na barriga do bebê: use uma fraldinha aquecida ou uma bolsa de água morna para fazer compressas na barriga do bebê, tomando o cuidado de manter uma temperatura que não seja desconfortável ao bebê;
6. Deixe o ambiente mais calmo: diminua as luzes e o barulho do ambiente, e assim o bebê se sentirá mais relaxado e seus sintomas diminuirão.

Outra medida que pode ajudar é o controle alimentar da mamãe, que deve evitar alguns alimentos durante esta fase, como peixe, chocolate, feijão, pimenta, alho e café. Porém, não há ainda comprovação que a alimentação da mãe cause as cólicas no bebê.

Em alguns casos o pediatra pode receitar algum remédio para alivio dos sintomas de cólica. Já quanto ao uso dos chás, é bom evitar, pois de acordo com os médicos eles não ajudam na melhora das cólicas dos bebês.

Sobre o autor:

Vandeni Navarro

Vandeni Navarro

Formada em pedagogia pela UNITAU, especializou-se na área de crianças especiais. Mãe de dois filhos, atualmente dedica-se ao blog e a família.

Deixe seu comentário

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *