Bebê não dorme: 5 problemas que não deixam bebê dormir

Existem vários fatores que levam o bebê não ter sono adequado, vejamos alguns abaixo.

10/02/2009 18h51m. Atualizado em 09/10/2014 11h17m por:

 

bebê não dormeInsônia infantil, quase sempre esta relacionada a algum distúrbio físico ou psicológico. O bebê, nao deixa de dormir sem motivo. Geralmente, as causas orgânicas são descobertas pelo pediatra, diante dos relatos do pais, quando levam a criança no consultório. Ja as causas psicológicas nem sempre são identificadas rápidamente.

Principais problemas que não deixam o bebê dormir

1-Cólicas
Nos primeiros meses de vida o bebê podera ter muitas cólicas e isso dificulta o sono. Ainda nao se sabe quais as causas das cólicas, mas elas desaparecem com a idade. Quando elas vem durante a noite,o bebê não dorme e chora muito. Nesse caso, compressas mornas aplicadas na barriguinha podem diminuir a dor. Os chás de camomila tambem ajudam a diminuir o problema. Coloque o pequeno para dormir de lado e bem aquecido.

2-Respiração

Problemas respiratórios também afetam o sono da criança. Os mais frequentes são asma, rinite, faringite ou ate mesmo um simples resfriado. Durante uma crise de asma os brônquios ficam fechados, ocasionando falta de ar e sensacão de sufocação.
As adenoides também incomodam e dificultam a respiração e o sono da criança. Esse distúrbio pode levar a obstrução da entrada de ar pelo nariz. Converse com o pediatra, e solicite exames para saber se seu filho nao esta com nenhum desses problemas.

3-Má digestão
O refluxo gastroesofagico, faz com que o leite saia do estômago, onde foi misturado ao suco gástrico, e entra novamente no esôfago. Isso acaba, por provocar a irritação da mucosa do esôfago e a criança fica com azia e nao consegue dormir. Para evitar essa disfunção, é recomendado não deitar o bebê  logo após as refeições ou mamadas. E bom lembrar que,  alimentação excessiva a noite pode, em alguns casos, gerar insônia.

4-Excitação
A criança hiperativa, apresenta grande dificuldade em fixar a atenção em uma unica atividade, dormir, por exemplo. Assim, apresenta um alto nível de excitação. O bebê tem dificuldade em relaxar e não dorme direito. Quando a criança é  apenas agitada, ela não relaxa durante o dia e nem a noite, e o sono demora a chegar. Chás de camomila, banhos mornos e procurar nao agitar a criança antes de dormir auxiliam a chegada do soninho.

5-Causas emocionais
Vários são os fatores que prejudicam a emoção do bebê e seu relaxamento durante o sono: a idade, o ambiente em que vive, sua sensibilidade e a relação com os pais.Nos primeiros meses de vida o bebê, pode estar apenas respondendo a sensibilidade da mãe ou dos adultos a sua volta.

A mãe super-protetora e ansiosa pode transmitir insegurança para a criança. Sem perceber, prejudica a capacidade do filho em ficar sozinho. Tudo isso, causa ansiedade no pequeno e faz com que ele não consiga se acalmar e dormir.
Mães calmas, transmitem paz aos seus filhos. Embora as causas emocionais da insônia infantil nao são identificadas na primeira consulta ao pediatra, e necessário acompanhar de perto a criança, investigando as causas reais desse distúrbio.

Tratamento insônia do bebê

Cada caso é único, mas raramente, o pediatra indica medicamentos para bebês até um ano de idade. Não faça uso de calmantes por conta própria. E nao se esqueça: só o pediatra pode orientar a mãe como resolver esse problema. São várias as causas da insônia do nenem. E muitas vezes, é só  ansiedade excessiva, nada de sério, 0 transtorno acaba quando ele completar um ano. E só ter paciência e nunca deixar de avisar o médico qualquer alteração de humor do seu filho.

Tente algumas opções para resolver o problema antes de tentar dar remédios. Siga uma rotina para colocar o bebê para dormir, sempre no mesmo horário. Deixe o quartinho dele escurinho e calmo bem antes da hora do sono. Essas dicas ajudam a proporcionar uma noite de sono tranquila ao seu filho.

Sobre o autor:

Vandeni Navarro

Vandeni Navarro

Formada em pedagogia pela UNITAU, especializou-se na área de crianças especiais. Mãe de dois filhos, atualmente dedica-se ao blog e a família.
Deixe seu comentário

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *