Fraldas como tirar – hora certa

admin May 6, 2009 1

Entre as etapas de amadurecimento do bebê, temos a hora certa de tirar as fraldas

Tempo certo de tirar as fraldas

Hora certa de tirar as fraldas. A maioria das crianças, a partir dos dois anos, já pode começar a ser orientada para largar as fraldas. Observe como passar por esta fase sem causar transtorno para a criança.

Lembre-se que cada bebê terá o seu próprio tempo. Mas, não é aconselhável, treinar a criança a deixar as fraldas antes dos dois anos. Antes de um ano e oito meses, ela não tem maturidade neurológica  para controlar as fezes, e até dois anos não consegue controlar a bexiga. Mas há excessões, quando ela mostrar que é capaz de ficar sem fralda, ela irá pedir, porque vai começar a incomodar, então essa é a hora certa para trabalhar isso.

Ensinar a criança a ficar sem fralda

Os pais tem papel importante neste momento e podem ajudar  seu filho a deixar a fralda, incentivando-o para que isto aconteça naturalmente, sem traumas. Existe um processo a seguir. A mãe deve começar tirando a fralda de dia, dentro de casa, colocando a fralda para sair e dormir.

Deve perguntar se a criança quer fazer xixi, caso afirmativo, levá-la ao banheiro.

Toda vez que a mãe for ao banheiro deve avisar a criança que vai fazer xixi, dando o exemplo, estímulando que ela faça o mesmo. Nesta fase, a mãe deve providenciar muitos panos para limpar a casa, pois primeiro a criança vai fazer xixi no chão e depois dizer que fez.

Numa segunda etapa, o pequeno aprende a pedir antes de fazer xixi, e a mãe deve ir junto com ele ao banheiro. Sempre elogiar sua iniciativa. Mas se fizer xixi no shorts ou calçinha, não deve dar bronca, pois este ato pode trazer problemas mais sérios e a criança pode acabar ficando traumatizada.

O mesmo deve acontecer quando a criança estiver sem fraldas durante a noite. Se ela fizer xixi na cama, deve-se dizer que esta tudo bem, que isto acontece.

Incentivar a Criança 

Após a retirada da fralda durante o dia, o segundo passo é a retirada da fralda para ir à rua. Comece com percursos curtos. A criança deve fazer xixi antes de sair de casa. Depois, podem-se aumentar as distâncias gradativamente.

A última fase é a retirada da fralda noturna. A mãe deve oferecer pouca quantidade de liquido logo após o jantar, para evitar que a bexiga fique muito cheia.

Deve colocar a criança para dormir sem fralda. Ela vai sentir que esta sem fralda, que não pode fazer xixi e que terá que pedir para ir ao banheiro se sentir vontade. Já com a fralda ela relaxa e faz na cama. Algumas crianças fazem xixi na cama até os quatros anos, é normal.

Algumas tem dificuldade de deixar a fralda noturna. Em geral, tal situação poderá estar relacionada a outros casos na família. Geralmente crianças que fazem xixi na cama até tarde, ou o pai ou a mãe também o f izeram, mas isso não é regra. Se prolongar procure o pediatra e exponha o caso.

Hora do piniquinho

Com relação às fezes, a mãe deve colocar a criança no “troninho ou pinico” sempre após as refeições. Quando ela se alimenta, aumenta o movimento intestinal, levando a criança a evacuar. Mas nunca deixe a criança por um tempo excessivo no pinico, principalmente se não estiver conseguindo evacuar. Fique atenta aos horários que ela fazia as necessidades fisiológicas na fralda e procure levá-la ao piniquinho no mesmoperíodo.

Se caso a criança já estiver na creche ou escolinha, o procedimento de retirada da fralda feita em casa, tem que ser compartilhada com a instituição. Não adianta a mãe fazer tudo isso em casa, se em outro ambiente colocam fralda na criança. Ela também tem que ficar sem fralda na creche ou escolinha para que o processo seja completo e não prejudique  a criança nesta etapa.

Relacionados »

One Comment »

  1. graça torres September 10, 2010 at 11:04 pm -

    eu tinho um filho com 2anos e 10 meses e nao estou a conseguir tirar as fraldas . eu meto sentado no penico ele chora e sai logo a correr. quando vou a casa de banho eu lhe chamo para ir comigo ,ou le um livro .sera que ele apanhou medo?o que fazer

Comentar »

Comente via Facebook!