Calendário de Vacinação Gestante: Vacinas que a grávida pode e não pode tomar.

A saúde da mulher é importante, mas quando se esta grávida é necessário mais atenção ainda, sendo assim a futura mamãe tem que estar atenta a vacinação que pode e não pode tomar nesse período.

27/11/2011 13h05m. Atualizado em 17/07/2014 16h12m por:

 

Vacinação da grávida

Que todas as experiências vividas, bem como a alimentação adotada e o estilo de vida habitual interferem muito no desenvolvimento de seu bebê, todas nós já estamos cansadas de saber, mas, e quanto ao cuidado com a sua saúde, as medidas e precauções contra as doenças, você entende bem?

Sua saúde deve estar sempre em primeiro lugar, não só durante a gestação, como em todas as fases de sua vida, afinal, sem saúde é difícil conquistas qualquer objetivo, por mínimo que seja não é mesmo? Quando você descobre que um serzinho tão pequeno, frágil e indefeso está se formando em seu ventre e será em seus primeiros de vida, totalmente dependente, sua preocupação é dobrada, já que agora a saúde deve ser preservada e cuidada pensando não só em você como também em seu tão sonhado e esperado bebê.

Atrelada a alimentação (importantíssima para um bom estado de saúde), as medidas preventivas de saúde merecem destaque importante nessa fase tão importante de sua vida; uma delas é vacinação. Alem de deixar a mamãe bem longe de doenças como a hepatite, febre amarela, meningite e gripe, algumas vacinas para gestante, influenciam também na formação imunológica da criança.

De tão importante que essa medida se tornou, até uma caderneta de vacinação própria para gestantes, as mamães têm acesso e devem seguir a risca, ok? As vacinas nesse documento são dividas em 3 subgrupos, que variam de acordo com o grau de necessidade e estado geral da grávida.

Vacinas que a grávida pode tomar

As vacinas com indicação de uso são aquelas imprescindíveis a toda mulher grávida, ou seja, não tem como fugir. Tudo com indicação médica. São elas:

– duplo adulto, onde combina a prevenção contra tétano e difteria.

– A vacina contra influenza (gripe) também se encontra no mesmo grupo, com a diferença de ser aplicada em grávidas que estejam com período de 14 semanas de gestação, bem como em períodos de epidemia de gripe, tendo em vista o perigo que o vírus causa para mãe e filho.
No grupo das vacinas especiais para grávidas encontram-se aquelas imunizações indicadas devido a exposição ou casos em que a contaminação seja possível, causando assim, grande risco de vida à grávida e seu bebê. Compõe o grupo as vacinas contra:

– raiva (aplicada em caso de exposição com situação ou portador do vírus),

– vacina contra hepatite A e B,

– poliomielite,

– vacina antipneumocócica,

– febre amarela (após o primeiro trimestre da gestação com indicação médica por ser uma vacina com vírus vivo) e

– vacina antimeningocócica polissacarídica.

Vacinas que a grávida NÃO pode tomar

Finalizando o quadro de vacinação que deve ser cumprido rigorosamente pela futura mamãe, estão as vacinas contra-indicadas, ou seja, nada de aplicações no período gestacional. A proibição se deve devido o vírus ou bactéria estarem em estado vivo e atenuado. Não devem ser aplicadas em gestante:
– vacina contra sarampo,
– rubéola,
– caxumba,
– varicela e BCG.

Portanto, o único jeito de se prevenir contra tais complicações é evitando o contato com pessoas contagiadas com os vírus e bactérias acima, protegendo assim você e seu bebê.

Sobre o autor:

Vandeni Navarro

Vandeni Navarro

Formada em pedagogia pela UNITAU, especializou-se na área de crianças especiais. Mãe de dois filhos, atualmente dedica-se ao blog e a família.
Deixe seu comentário

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *