7 dicas de dieta e conselhos para engravidar

Já ouviram um ditado: somos o que comemos, isso serve também na área da fertilidade, principalmente para quem esta pensando em engravidar.

06/03/2012 19h54m. Atualizado em 24/07/2014 14h14m por:

 

dieta para engravidar

Certamente você já ouviu de alguém a velha e famosa frase “você é o que você come”. E isso tem muito fundamento afinal, sua saúde é mantida e revigorada por meio dos nutrientes, minerais e vitaminas encontrados nos alimentos que consumimos no dia a dia.

Pesquisas surgem o tempo todo comprovando inúmeros benefícios adquiridos por meio do consumo de determinados alimentos. Está mais do que comprovado que uma pessoa que evita excessos alimentares de todo tipo é bem mais saudável e menos propensa a diversas doenças que aquelas que vivem de fast-food e refrigerantes.

Diante de tais evidências, seria a alimentação uma aliada a parte para você que pretende engravidar? Uma pesquisa feita pela Universidade de Harvard aponta que sim; o que você come pode ajudar ou atrapalhar a engravidar.

Dieta para ajudar a engravidar

Devido a essa pesquisa, um conjunto de dicas nutricionais vindas de vários profissionais de área compõe a Dieta da Fertilidade. O controle alimentar é chamado dessa forma por ser composto por alimentos e hábitos que aumentam o grau de fertilidade feminino. Vamos conferir essa novidade:

1- Consumo de alimentos de baixo índice glicêmico: ele deve ser aumentado para mulheres que desejam engravidar. Antes de tudo: consulte seu médico, claro;

2- Evite o fumo;

3- Gordura sim! – Muitos acham que devem eliminar a gordura do cardápio, por completo; mas não é bem assim. Ela auxilia na absorção das vitaminas lipossolúveis (só são dissolvidas na gordura) A, E, K e D e é importante na produção dos hormônios sexuais LH e FSH (hum, dia desses, meu médico pediu a dosagem deles e não sabia para que serviam! Haha…);

4-Consumo de ácido fólico: Vira e mexe vejo as grávidas comentarem que o medico lhes receitou durante a gestação. Agora entendi o motivo: sua falta na alimentação pode causar deficiências físicas no bebê. Portanto, se deseja engravidar, hora de acrescentar mais verduras e frutos na cor verde-escura (ricas no alimento);

5- Evite bebidas alcoólicas: Certamente você não ficou surpresa com essa recomendação tão clássica dos médicos, né?

6- Evite alimentos industrializados e ricos em cafeína: Com o corre-corre da vida moderna, uma hora ou outra você vai acabar precisando recorrer a um enlatado e fica bem difícil resistir ao cafezinho com adoçante, né? Então, procure reduzir as quantidades dos mesmos, ok?

7- Não consuma alimentos crus: Algumas bactérias frequentemente encontradas nestes alimentos podem prejudicar a formação do feto, então, deixe o sushi para o dia que seu baby der tanto trabalho a ponto de você precisar recorrer a um delivery “japa” para o jantar.

Essas são dicas dadas por profissionais e não interferem de forma negativa na alimentação, mas, é sempre bom consultar um especialista antes de aderir a qualquer coisa.

Sobre o autor:

Vandeni Navarro

Vandeni Navarro

Formada em pedagogia pela UNITAU, especializou-se na área de crianças especiais. Mãe de dois filhos, atualmente dedica-se ao blog e a família.
Deixe seu comentário

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *