Técnica de maturação in vitro de Óvulos (IVM)

A técnica de Maturação in vitro de óvulos (IVM), é mais um avanço da medicina a favor de quem sonha com a maternidade e melhor, não necessita o uso de medicamentos.

30/08/2012 21h30m. Atualizado em 24/07/2014 14h00m por:

 

Técnica de Maturação In Vitro de Óvulos IVMUma nova técnica que vêm ajudar os casais a viverem o sonho da maternidade, é a técnica de maturação do óvulo in vitro (IVM). Embora nos dias atuais cresça consideravelmente, o número de mulheres que priorizem a vida profissional, adiando ou abrindo mão do sonho de ser mãe, existem aquelas que não vêem a hora de passarem por todo o processo dos 9 meses e terem seu tão sonhado bebê nos braços.

Enquanto algumas mulheres, não encontram nenhuma dificuldade para engravidar, outras precisam recorrer a técnicas de fertilização variadas que vão desde tratamentos longos e de alto custo, até a fertilização in vitro. Os motivos são vários e podem acometer não só as mulheres, como também seus companheiros.

Mulheres que sofrem com ovários policísticos, conseguem engravidar, mas, dependendo de cada uma, é necessário um tratamento prévio do problema (medicamentos e afins) que pode demorar meses ou anos. Já outras, mesmo sofrendo com o problema (vale lembrar que quando antes detectado, mais fácil,rápido e eficaz é o tratamento), engravidam sem dificuldade alguma. Mas, tudo é relativo e não se pode dar garantias.

Para as mulheres que, por conta dos ovários policísticos, apresentam as dificuldades citadas anteriormente, uma nova técnica desenvolvida pelo Centro de Pesquisa e Reprodução Humana Nilo Frantz, pode vir a aposentar os longos e cansativos tratamentos de fertilização. A técnica, conhecida como IVM (maturação in vitro de óvulos) consiste em maturar os óvulos fora do corpo da mulher por meio de um procedimento simples, em laboratório, sem a necessidade de administração de qualquer tipo de medicamento.

Técnica de Maturação in vitro de óvulos (IVM)

Os óvulos imaturos são retirados, amadurecem em 5 dias e em seguida, é feita a fertilização. Logo depois, os embriões são colocados no útero da mulher. Que máximo, não!?

A vantagem da técnica é que, por não precisar de remédio, elimina o risco da hiperestimulação ovariana; ou seja, evita a resposta exagerada do ovário ao uso dos estimulante de ovulação, problema que chega a afetar mais de 20% de mulheres em tratamento para engravidar. (ocorre em 5% dos ciclos de fertilização in vitro tradicionais).

Os resultados da Técnica Maturação do Óvulo In Vitro são muito animadores: Segundo o “Journal of Assisted Reproduction and Genetics”, cerca de 40% das mulheres que passam pela maturação in vitro conseguem engravidar. Além da grande margem de sucesso, o tratamento é de custo bem mais acessível que a fertilização in vitro, sem contar que é muito mais prático também.

Adoro dar notícias desse tipo! Fico muito feliz em ver a medicina avançando cada vez mais em prol da saúde e bem estar de todos nós. Vou ficar ainda mais feliz, quando todas essas conquistas forem ainda mais acessíveis a todos.

matura ovulo fora do corpo

Sobre o autor:

Vandeni Navarro

Vandeni Navarro

Formada em pedagogia pela UNITAU, especializou-se na área de crianças especiais. Mãe de dois filhos, atualmente dedica-se ao blog e a família.
Deixe seu comentário

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *