Sintomas e tratamentos do útero baixo na gravidez

Os sintomas do útero baixo são diagnosticados logo no início da gravidez, sendo necessário tratamento e acompanhamento médico.

29/09/2014 22h48m. Atualizado em 13/11/2014 12h37m por:

 

utero baixoútero é um órgão feminino localizado no interior da pelve, que tem como principal função acolher o feto durante a gestação, protegendo-o e nutrindo-o até seu nascimento. Ele fica apoiado pelo cérvix, ou colo do útero, que é mantido em seu lugar graças à musculatura pélvica presente na região abdominal.

E quando esta musculatura fica enfraquecida a mulher pode vir a sofrer de prolapso uterino, que também é chamado de útero baixo.

Sintomas do útero baixo

Os sintomas do útero baixo acontecem quando os músculos e ligamentos da região pélvica esticam e perdem suas forças, ficando frágeis ou mesmo até se rompendo, oferecendo desta forma um suporte inadequado ao útero. Ele pode se apresentar em formas leves (geralmente sem sintomas aparentes), moderadas ou graves, de acordo com os sintomas apresentados.

Quando isso ocorre o útero pode se deslocar, causando assim pressão sobre outros órgãos, dentre eles a bexiga, o reto, os ovários e a vagina, causando assim dores na parte inferior das costas, retenção ou perda de urina, sensação de peso na região pélvica, dores durante as relações sexuais, e até a saída do útero pela vagina.

E a condição do útero baixo pode afetar mulheres de todas as idades, mas é mais frequente em mulheres que tiveram muitos partos vaginais, mulheres na fase da menopausa e também mulheres grávidas.

Útero baixo durante a gravidez

Durante qualquer etapa da gravidez a mulher também pode apresentar alguns dos sintomas de útero baixo, dentre eles forte corrimento, urinar com mais frequência, dificuldades para andar, dentre outros. Já em outros momentos da gravidez o útero também pode ficar mais baixo, dentre eles na hora da fecundação, e também nos últimos dias da gravidez, o que facilita o momento do parto.

útero baixo acompanhamento médico

Acompanhamento pré natal

Tratamento e acompanhamento médico dos sintomas do útero baixo

O acompanhamento pré-natal é muito importante para prevenção e tratamento dos sintomas do útero baixo, pois o médico ginecologista/obstetra vai acompanhar de perto toda evolução da gravidez, e com isso saber diagnosticar cada um destes sintomas, e a forma de tratamento adequada.

E dentre os tratamentos que ele pode recomendar temos: os exercícios físicos e o controle do ganho de peso durante a gestação. Outra dica, é que a gestante evite ficar levantando pesos e não fique se abaixando de forma inadequada, pois isso pode causar pressão na região pélvica, facilitando assim o aparecimento dos sintomas do útero baixo.

Em alguns casos mais graves uma cirurgia pode ser indicada, mas ela só é feita após o nascimento do bebê. E é importante destacar que, se os sintomas do útero baixo são diagnosticados logo no início da gravidez, com o diagnóstico e acompanhamento médico, a mulher pode ter uma gestação tranquila e sem muitas preocupações.

Sobre o autor:

Vandeni Navarro

Vandeni Navarro

Formada em pedagogia pela UNITAU, especializou-se na área de crianças especiais. Mãe de dois filhos, atualmente dedica-se ao blog e a família.
Deixe seu comentário

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *