5 sintomas de útero retrovertido, gravidez e tratamento

O útero retrovertido não impede uma gravidez e nem prejudica o feto.

07/10/2014 10h08m. Atualizado em 31/10/2014 22h38m por:

 

utero retrovertido tratamentoO útero é um órgão feminino que exercem importante função na gestação, pois é o local onde o feto fica localizado durante a gravidez, tendo assim funções de proteção e alimentação adequada ao bebê, enquanto ele se desenvolve dentro do ventre materno.

Ele fica alojado na região pélvica da mulher, sendo apoiado pela musculatura desta região. Porém, algumas mulheres apresentam uma pequena variação anatômica em seu útero, que é mais conhecida como útero retrovertido, e que é caracterizada pelo útero voltado para região posterior de seu corpo.

utero retrovertido

O que é útero retrovertido

O útero retrovertido, ou retroversão uterina, é uma condição onde o útero fica em uma posição avessa dentro do organismo da mulher, ou seja, virada para suas costas. O útero retrovertido também é conhecido como útero invertido, útero reverso ou útero virado.

Esta condição pode acontecer com 15% a 25% das mulheres, e em geral, surge já no nascimento da mulher, e vai acompanhá-la durante toda sua vida, mas na grande maioria dos casos não vai afetar em nada suas condições físicas.

Principais sintomas do útero retrovertido

Mulheres que possuem útero retrovertido quase nunca apresetam sintomas, mas em alguns casos eles podem aparecer. E dentre os principais sintomas temos:

1• Dor crônica na região pélvica, também chamada de dor nas cadeiras;
2• Dor durante o ato sexual, e que permanece por muitas horas após a relação (dispareunia);
3• Cólicas menstruais intensas (dismenorréia);
4• Dor ao evacuar;
5• Dor para urinar.

Útero retrovertido e gravidez

Ter o útero retrovertido não causa impedimentos para que a mulher engravide, e também não irá trazer consequências para seu bebê durante a gestação.

Porém o que pode ocorrer em alguns casos é que a mulher com útero retrovertido fica mais suscetível ao desenvolvimento da endometriose, que faz o endométrio se desenvolver fora do útero, causando assim sangramentos e dores pélvicas. E a evolução da endometriose pode causar o enrijecimento das trompas, dificultando assim as chances de gravidez.

Tratamento do útero retrovertido

Não existe um tratamento específico para mulheres que possuem útero retrovertido, mas em alguns casos o médico pode indicar um tratamento hormonal, de acordo com cada caso em específico.

Já em raríssimos casos a cirurgia é recomendada, porém, o melhor tratamento é seguir todas as orientações dadas pelo médico ginecologista, ou mesmo pelo obstetra quando ela estiver grávida, para que tanto ela quanto seu bebê estejam sempre saudáveis.

Sobre o autor:

Vandeni Navarro

Vandeni Navarro

Formada em pedagogia pela UNITAU, especializou-se na área de crianças especiais. Mãe de dois filhos, atualmente dedica-se ao blog e a família.

Deixe seu comentário

2 Comentários em 5 sintomas de útero retrovertido, gravidez e tratamento

  1. Camila disse:

    Também tenho ultero retrovestido eu tenho muita vontade engravidar já tento e não tou conseguindo.

  2. Monica Andrade dos Santos Freire disse:

    Tenho o útero retrovertido e baixo posso ter parto normal, isso me traz alguma vantagem ou desvantagem na hora do parto?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *