Câncer infantil: diagnóstico, cuidados, tratamentos e cura

07/10/2015 19h15m. Atualizado em 07/10/2015 19h15m por:

 

O câncer é o nome dado a um número elevado de doenças (mais de 100 tipos de doenças), que são caracterizadas pelo crescimento fora de ordem e muito rápido das células que compõem órgãos e tecidos.

Ele pode afetar adultos de todas as idades, e os tipos mais conhecidos são o câncer de mama, câncer de próstata, câncer de pulmão e o câncer de pele. E uma das causas mais comuns do surgimento do câncer em adultos está relacionada a fatores ambientais, dentre eles o tabagismo.

O câncer infantil

O câncer também é uma doença que pode afetar crianças logo em seus primeiros anos de vida, ou mesmo durante sua fase de adolescência. Mas o câncer infantil não é relacionado diretamente aos fatores ambientais, como no caso dos adultos, e por isso outros fatores devem ser avaliados.

Com isso, os principais causadores do aparecimento do câncer nas crianças são os fatores externos, como substâncias químicas, irradiação ou vírus; e também os fatores internos, como hormônios, mutações genéticas e condições imunológicas.

Alguns também acreditam que o câncer infantil é hereditário, porém, está não é uma regra geral, pois a criança não herda o câncer de seus ancestrais. Mas os casos na família podem predispor a criança a desenvolver o câncer infantil.

Tipos de câncer infantil

Nas crianças, existem três tipos mais comuns de câncer infantil, que são a leucemia, tumores do sistema nervoso central e linfomas. Mas outros tipos de câncer infantil também são relatados em crianças e adolescentes, dentre eles:

1. Neuroblastoma;
2. Tumor de Wilms;
3. Retinoblastoma;
4. Tumor germinativo;
5. Osteossarcoma;
6. Sarcomas.

Sintomas do câncer infantil

O câncer infantil possui alguns sintomas que às vezes são confundidos com o de outras doenças, e por isso durante a consulta com o pediatra qualquer alteração que venha a aparecer é importante ser relatada, para que o diagnóstico seja feito o quanto antes.

E embora existam sintomas distintos para cada tipo de câncer, alguns deles são mais comuns, dentre os quais:

• Sangramento;
• Tonturas;
• Náuseas;
• Perda de apetite;
• Anemia;
• Dores de cabeça;
• Manchas roxas na pele;
• Embranquecimento da pupila quando exposta a luz;
• Tumores sólidos;
• Alterações motoras.

Cada um destes sintomas tem relação com algum tipo de câncer, e deve ser observado pelos pais quando a criança não estiver se sentindo bem.

Tratamento do câncer infantil

Existem alguns tipos de tratamento específicos para o câncer, dentre eles a quimioterapia e a radioterapia, que são os mais indicados nas fases iniciais.

A cirurgia é outro tratamento que pode ser indicado, de acordo com o tipo de câncer. E tem também o transplante, que é indicado como um tratamento para leucemias.

E as crianças reagem muito bem aos tratamentos indicados, com chances bem elevadas de cura da doença.

Mas para isso é importante à realização do diagnóstico precoce, e que a criança seja acompanhada em um grande centro de referência, que terá uma equipe multiprofissional para cuidar de sua saúde, e que inclui médicos, enfermeiras, fisioterapeutas, assistente social, nutricionista e psicóloga.

O câncer infantil é contagioso

Outro ponto importante a se destacar é que o câncer infantil não é contagioso, mesmo nos casos dos cânceres desenvolvidos por vírus. Com isso, é fundamental que a criança tenha amigos para brincar, e que compartilhem com ela sorrisos e alegrias, já que o tratamento em muitas vezes é longo e cansativo, principalmente pelas idas constantes ao médico.

Mas com o tratamento adequado a criança pode ter uma vida normal, e ficar curada desta doença tão inoportuna.

Sobre o autor:

Vandeni Navarro

Vandeni Navarro

Formada em pedagogia pela UNITAU, especializou-se na área de crianças especiais. Mãe de dois filhos, atualmente dedica-se ao blog e a família.

Deixe seu comentário

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *