Síndrome de Hipoplasia do Coração Esquerdo (SHCE) em Recém-Nascidos

 
 

SHCE

A Síndrome de Hipoplasia do Coração Esquerdo (SHCE), ou Hipoplasia de Ventrículo Esquerdo um problema de saude que envolve problemas do lado esquerdo do coração. A SHCE  pode ser diagnosticada no bebê dentro da barriga da mamãe no período de pré natal, através de uma ecocardiografia ou ultra-som do coração do bebê e pode ser feita a partir das 16 semanas de gestação.

Esses procedimentos só serão solicitados pelo médico, caso haja problemas cardíacos na família, juntamente com alterações nas ultrassons de rotina, como algum problema no desenvolvimento do feto.

Caso o diagnóstico da SHCE seja feito no pré natal. É possível dentro das 48 horas após o nascimento do bebê realizar um procedimento que consiste em aplicar um medicamento por via venosa chamado Prostaglandina E1, usado para manter o ductus arteriosus aberto até a etapa cirurgica que deverá ocorrer:

Cirurgias da Síndrome de Hipoplasia do Coração Esquerdo

Elas serão realizadas ao longo dos dois primeiros anos de vida, em três etapas. Seu objetivo é reconstruir o coração de forma que o lado direito possa ser usado para bombear o sangue para o corpo

-A primeira cirurgia é realizada durante a primeira semana de vida,
-A segunda cirurgia, quando a criança tem de 4 a 6 meses,
-A última por volta dos dois anos de idade.

Os procedimentos cirúrgicos para Síndrome de Hipoplasia do Coração Esquerdo vão desde colocação de marcapasso nos estágios acima dependendo do quadro da criança, como chegar a um transplante cardíaco em um determinado momento da vida. O tratamento envolve também medicamentos de alto custo, mas a criança em geral tem o seu desenvolvimento sem problemas.

É uma doença rara, sendo que a porcentagem fica em 1 a cada cinco mil bebês nascidos vivos. A síndrome dentre as cardiopatias congênitas fica com 8% dos casos. Ficando entre um dos três defeitos mais comuns que causam problemas em recém-nascidos. Os meninos são os  mais acometidos pela doença. Nos EUA em torno de 1000 bebês com SHCE  nascem todos os anos.

Os bebês com SHCE são saudáveis em outros aspectos, mas tem aqueles que sofrem outros problemas cardíacos acompanhados, como também neurológicos e síndrome de Turner. Hoje temos uma perspectiva de vida para os recém-nascidos com a SHCE, bem melhor que no passado. Sendo que antes, 95% das crianças não aguentavam o primeiro mês. Hoje cerca de 60% sobrevivem mais.

As restrições para crianças que tem a sindrome de hipoplasia do coração estão relacionadas a atividades esportivas competitivas e exercícios físicos que possam causar danos. No restante poderão fazer todas as coisas que as crianças gostam, brincar com os amiguinhos, ir à escola, passear, etc.

Deixe seu comentário

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>